ACADEMIA DAYANE BORGES

Você está lendo a editoria: Nacionais

ESTATÍSTICA

IBGE: mulheres no trabalho estudaram mais, mas ganham menos

No ano de 2009, a média anual de rendimentos das mulheres também ficou 27,7% abaixo do rendimento médio dos homens.

Portal O Povo

08/03/2010

  • Foto Ilustrativa

    clique para ver a foto em tamanho real

    Os salários pagos às mulheres no Brasil continuam inferiores aos dos homens apesar de as trabalhadoras terem maior nível de escolaridade.

Os salários pagos às mulheres no Brasil continuam inferiores aos dos homens apesar de as trabalhadoras terem maior nível de escolaridade, segundo a dados da pesquisa "Mulher no Mercado de Trabalho: Perguntas e Respostas" divulgada pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) nesta segunda-feira, Dia Internacional da Mulher.

Enquanto 61,2% das trabalhadoras tinham 11 anos ou mais de estudo - equivalente ao ensino médio completo -, entre os homens este percentual era de 53,2% no ano de 2009. No entanto, segundo a pesquisa, as mulheres receberam em média R$ 1.097,93 mensais enquanto os homens tiveram vencimentos de R$ 1.518,31 no ano passado.

No ano de 2009, a média anual de rendimentos das mulheres também ficou 27,7% abaixo do rendimento médio dos homens.

Sem carteira assinada
Cerca de 35,5% das brasileiras estavam inseridas no mercado de trabalho com carteira de trabalho assinada em 2009, número inferior aos 43,9% da população masculina. Já as mulheres empregadas sem carteira correspondiam a 30,9% ante 40% dos homens.

Ainda de acordo com o IBGE, o percentual de mulheres empregadoras era de 3,6%, pouco mais da metade dos 7% verificado entre os homens.
As informações usadas no estudo são da Pesquisa Mensal de Emprego (PME) 2009, realizada nas regiões metropolitanas de Recife, Salvador, Belo Horizonte, Rio de Janeiro, São Paulo e Porto Alegre.

Fonte: Terra

Envie um comentário para a matéria

O PORTAL O POVO não se responsabiliza pelas mensagens postadas como comentário das notícias, sendo estas de sua inteira responsabilidade, podendo, quando julgar algum comentário inadequado, inativá-lo ou excluí-lo de sua base de dados.




Comentários desta matéria:

Não há comentários para a matéria no momento.

Outras desta mesma coluna:

02/02/2015 MEC divulga a primeira chamada de aprovados no Prouni 2015

26/01/2015 Inscrições para o Pro Uni começam nessa segunda-feira

24/01/2015 Justiça Federal nega pedido do MPF de anular Enem

19/01/2015 Inscrições para o Sisu começam nesta segunda-feira

12/01/2015 Candidatos já podem consultar vagas da primeira edição do Sisu 2015

06/01/2015 Governo adia obrigatoriedade de novo extintor de incêndio para veículos

30/12/2014 Governo publica decreto que reajusta salário mínimo para 2015

15/12/2014 Receita paga último lote do Imposto de Renda 2014 nesta segunda (14)

04/12/2014 Muncípios com até 60 mil habitantes poderão deixar de pagar energia de escolas e hospitais

03/12/2014 Novas regras para tirar Carteira de Habilitação entram em vigor e dividem opiniões

13/11/2014 Estudante do PI diz ter recebido tema da redação antes da prova do Enem

10/11/2014 Gabarito oficial do Enem será divulgado até quarta

22/09/2014 Concursos com inscrições abertas reúnem 23,2 mil vagas em todo o país

20/09/2014 Após correção de erro, Pnad mostra queda na desigualdade no país e não aumento

19/08/2014 Propaganda eleitoral no rádio e na TV começa hoje

Todas desta coluna

© 2008-2013 Portal O Povo - Todos os direitos reservados.

Somente os artigos não assinados são de responsabilidade deste portal. Os demais, não representam necessariamente a opinião desta editoria e são de inteira responsabilidade de seus autores.

Aroldo Santos - Soluções web